CORES IMPOSSÍVEIS, O DIÁLOGO DAS IMAGENS

Alex Nogueira Rezende

Resumo


Este artigo realiza uma reflexão pontual sobre arquitetura, imagem e interpretação, tangenciando questões de marketing urbano. A reflexão envolve questões gerais, contudo, discute-as a partir de um caso: os detalhes arquitetônicos do edifício que é uma das sedes da Prefeitura Municipal de Campo Grande - MS, a Central de Atendimento ao Cidadão. O foco é colocado no fato de a obra ter sido corporificada na cidade de uma maneira e, em certos momentos, representada de outras. A análise adota o viés metodológico da semiótica desenvolvida por Charles Sanders Peirce (1838-1914) e vai ao encontro da hipótese levantada por Lúcia Santaella e Winfried Nöth (2008), sobre um paralelo entre os três registros da psicanálise (o imaginário, o real e o simbólico) e o que eles chamam de três paradigmas da imagem. Com base nessas ideias, discute o uso da imagem do edifício em análise, o que envolve, dentre outras coisas, um prefeito, um arquiteto e várias cores...

Texto completo:

PDF

Referências


ARGAN, Giulio Carlos. História da arte como história da cidade. Tradução Pier Luigi Cabra. 5° Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005. 280 p.

BARROS, Lilian Reid Miller. A cor no processo criativo: um estudo sobre a Bauhaus e a teoria de Goethe. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2006. 336 p.

BORGES, Jorge Luis. Os conjurados. Tradução de Pepe Escobar. São Paulo: Editora Três, 1985. 104 p.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. Tradução de J. L. Camargo. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. 236 p.

DUARTE, Fábio; JÚNIOR, Sérgio Czajkowski. Cidade à venda: reflexões éticas sobre o marketing urbano. RAP, Rio de Janeiro, v. 41, n.2, p. 273-282, 2007. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rap/v41n2/06.pdf >. Acesso em 30/11/2010.

DUBOIS, Philippe. Da verossimilhança ao índice. In: _____O ato fotográfico e outros ensaios. 5. ed. Campinas, SP: Papirus, 2001.

EISENMAN, Peter. Visões que se desdobram: a arquitetura na era da mídia eletrônica. In: NESBITT, Kate (Org). Uma Nova Agenda para a Arquitetura: Antologia Teórica (1965 – 1995). Tradução de Vera Pereira. São Paulo: Cosac Naify, 2006. p. 599-607.

FERRARA, Lucrécia D’Alessio. Design em Espaços. São Paulo: Edições Rosari, 2002. 190 p.

FLORES, Cláudia. Olhar, saber, representar: sobre a representação em perspectiva. São Paulo: Musa Editora, 2007. 190 p.

FRANÇA, Júnia Lessa. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. 8. Ed. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2007. 255 p.

FRASCARI, Marco. O detalhe narrativo. In: NESBITT, Kate (Org). Uma Nova Agenda para a Arquitetura: Antologia Teórica (1965 – 1995). Tradução de Vera Pereira. São Paulo: Cosac Naify, 2006. p. 538-556.

GREGOTTI, Vittorio. O exercício do detalhe. In: NESBITT, Kate (Org). Uma Nova Agenda para a Arquitetura: Antologia Teórica (1965 – 1995). Tradução de Vera Pereira. São Paulo: Cosac Naify, 2006. p. 535-538.

IBRI, Ivo Assad. Kósmos Noetós: a arquitetura metafísica de Charles S. Peirce. São Paulo: Perspectiva/Hólon, 1992. 138 p.

LÉVY, Pierre. O que é virtual? Tradução Paulo Neves. São Paulo: Editora 34, 1996. 160 p.

MELENDEZ, Adilson. Com face inclinada, edificação parece brotar do terreno. REVISTA PROJETO DESIGN. São Paulo: Arlindo Mungioli, n. 345, 2008. p. 62-67. Disponível em: < http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/gil-carlos-de-camillo-edificio-institucional-15-01-2009.html>. Acesso em 27/10/2010.

MENEGHETTI, Maria Eduarda Zorél. As aparências enganam? Reflexão sobre a manipulação de imagens na atualidade. Semeiosis: semiótica e transdisciplinaridade em revista. Disponível em: . Acesso em 23/12/2010.

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica. Tradução de José Teixeira Coelho Neto. 4. ed. São Paulo: Perspectiva, 2008. 337 p.

______. Collected papers. Volume 1-6 ed. HARTSHORNE, Charles & Paul WEISS; volumes 7-8 ed. BURKS, Arthur W. Cambridge, Mass.: Harvard Univ. Press.

SANTAELLA, Lucia; NÖTH, Winfried. Imagem: cognição, semiótica, mídia. São Paulo: Iluminuras, 2008. 222 p.

VENTURI, Robert. Complexidade e contradição em arquitetura. Tradução de Álvaro Cabral. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004. 231 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (Impresso): 1517-9257

ISSN (Eletrônico): 2448-1165

Papéis - Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens

Centro de Ciências Humanas e Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul