COLOCAÇÕES NA CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO: UMA PROPOSTA DE ESTUDO TERMINOLÓGICO PARA FINS DE ENSINO DE INGLÊS

Andrea Monzón, Ana Paula Lemke, Juliane de S. N. de Moura

Resumo


O objetivo deste trabalho é propor um estudo descritivo das colocações de cunho terminológico em artigos científicos em inglês no campo da Ciência da Computação. Assim, a razão do desenvolvimento deste projeto ocorre pela necessidade de estudantes e professores não nativos de reconhecer as convencionalidades léxicas ao lerem em tal língua-alvo. Essa demanda se constitui no âmbito da educação profissional técnica e tecnológica em Informática, na qual a leitura de textos especializados anglófonos é parte integrante da formação dos alunos. Esses aprendizes têm que não somente compreender um idioma, que é a lingua franca da ciência, como também apreender conceitos e terminologias relevantes à prática de seu ofício. À luz da Linguística de Corpus, bem como de teorias da Terminologia e dos estudos do léxico, foram levantadas as colocações especializadas através de duas ferramentas computacionais. A partir dos dados coletados, esses padrões lexicais foram observados em seus contextos de uso. Conclui-se ser relevante dar continuidade às análises realizadas neste estudo preliminar, uma vez que as mesmas demonstraram ser produtivas para o ensino de inglês instrumental no panorama educacional mencionado.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Gladis M. B. A teoria comunicativa da terminologia e a sua prática. Alfa, Araraquara/SP 50(2), 2006, p. 85-101.

ALUÍSIO, Sandra e ALMEIDA; Gladis M. de B. O que é e como se constrói um córpus? Lições aprendidas na compilação de vários corpora para pesquisa linguística. Calidoscópio, São Leopoldo/RS, v. 4, n. 3, p. 155-177, 2006.

ALUÍSIO, Sandra. Ferramentas para Auxiliar a Escrita de Artigos Científicos em Inglês como língua estrangeira. 1995. Tese (Doutorado em Física) - Instituto de Física, Universidade de São Paulo, São Carlos/SP.

ALVES, Fábio; TAGNIN, Stella E. O. Corpora e Ensino de Tradução: o papel do automonitoramento e da conscientização cognitivo-discursiva no processo de aprendizagem de tradutores novatos. In: VIANA, Vander; TAGNIN, Stella. Corpora no Ensino de Línguas Estrangeiras. São Paulo: HUB Editorial, 2011, p. 189-203.

ANTHONY, Laurence. AntConc: design and development of a freeware corpus analysis toolkit for the technical writing classroom. In: Proceedings of International Professional Communication Conference IPCC, 2005, pp. 729-737.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BEVILACQUA, Cleci. Unidades Fraseológicas Especializadas Eventivas: descripción y reglas de formación en el ámbito de la energía solar. 2004. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada - Léxico) - Instituto Universitário de Linguística Aplicada (IULA), Universidade Pompeu Fabra, Barcelona, 2004.

CABRÉ, Maria Teresa. Textos especializados y unidades de conocimiento: metodología y tipologización. In: PALACIOS, Joaquín García; FUENTES, Maria Teresa (Eds.). Texto, terminología y traducción. Salamanca: Ediciones Almar, 2002, p. 15-36.

Censo da Educação Superior: 2011 - Resumo Técnico. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Anísio Teixeira, 2013a.

Censo Escolar da Educação Básica: 2012 - Resumo Técnico. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Anísio Teixeira, 2013b.

CIAPUSCIO, Guiomar. El término en los textos: una propuesta integradora para el análisis de la variación conceptual. Actas del RITERM, Havana, 1998.

COP, Margaret. The function of collocations in dictionaries. In: Euralex Proceedings. Budapest, Akadémiai Kédó, 1990, p. 35-46.

FINATTO, Maria José. Estudos sobre linguagens e textos científicos e técnicos: o que é uma terminologia textual? Encontro do VIII CELSUL - Círculo de Estudos Linguísticos do Sul. Porto Alegre/RS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008.

FINATTO, Maria José; EVERS, Aline; ALLE, Cybele Margareth. Para além das terminologias: estudos de convencionalidade em linguagens científicas. In: PERNA, Cristina Lopes; DELGADO, Heloísa Koch; FINATTO, Maria José (Orgs.). Linguagens Especializadas em Corpora - modos de dizer e interfaces de pesquisa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010, p. 152-182.

FIRTH, J. R. Papers in Linguistics 1934-1951. London: Oxford University Press, 1957.

GENOVES JR., Luiz Carlos. Avaliação Automática de qualidade de escrita de Resumos científicos em Inglês. 2007. 146 f. Dissertação (Mestrado em Computação) - Instituto de Ciências Matemáticas e Computação, Universidade de São Paulo, São Carlos/SP.

HALLIDAY, M.; ANGUS, M.; STREVENS, P. The Linguistics Sciences and Language Teaching. London: Longman, Green and C., 1965.

HAUSSMANN, F. J. Le dictionnaire de collocations. In: HAUSSMAN, F. J. [et al.]. An international encyclopedia of lexicography. V. 1. Berlin, New York: Walter de Gruyter, 1990, p. 1010-1019.

HOFFMANN, Lothar. Conceitos básicos da Linguística das Linguagens Especializadas. Tradução de Maria José B. Finatto. Cadernos de Tradução, Porto Alegre/RS, n. 17, outubro-dezembro, 2004, p. 79-90.

HUTCHINSON, Tom; WATERS, Alan. English for Specific Purposes. Cambridge University Press, 1987.

KRIEGER, Maria da Graça; FINATTO, Maria José B. Introdução à Terminologia: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2004.

KOCH, Ingedore. O texto e a construção dos sentidos. São Paulo: Contexto, 2005.

L’HOMME, Marie-Claude; BERTRAND, Claudine. Specialized Lexical Combinations: Should they be described as Collocations or in Terms of Selectional Restrictions? In: Preceedings of Euralex 2000, Sttutgard-Germany August 8th-12th.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros Textuais: definição e funcionalidade. In: DIONÍSIO, Ângela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora. (Orgs.). Gêneros Textuais & Ensino. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002.

McENERY, Tony and WILSON, Andrew. Corpus Linguistics. Edinburgh Textbooks in Empirical Linguistics, 1997.

NUNES, Maria da Graça V. O PLN: para quê e para quem? I Escola Brasileira de Linguística Computacional (EBraLC), São Paulo/SP, Universidade de São Paulo, 2008.

NUNES, Maria da Graça et al. Introdução ao Processamento das Línguas Naturais. Notas Didáticas do Instituto de Matemática Computacional e Computação, São Carlos/SP, USP, 1999.

OLIVEIRA, Lúcia Pacheco. Linguística de Corpus: teoria, interfaces e aplicações. Matraga, Rio de Janeiro/RJ, v. 16, n.24, jan.-jun 2009, p. 48-76.

POSSAMAI, Viviane. Marcadores textuais do artigo científico em comparação português e inglês - um estudo sob a perspectiva da tradução. 2004. 165 f. Dissertação (Mestrado em Teorias do Léxico e do Discurso) - Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

SANTOS, Andrea. Análise de colocações adverbiais em inglês para negócios. In: Corpora no Ensino de Línguas Estrangeiras. VIANA, Vander; TAGNIN, Stella. São Paulo: Hub Editorial, 2010, p. 97-136.

SARDINHA, Tony Berber. Linguística de Corpus. São Paulo: Manole, 2004.

SARDINHA, Tony Berber. Linguística de Corpus: Histórico e Problemática. D.E.L.T.A., v. 16, n. 2, 2000, p. 323-367.

SCARAMUCCI, Matilde. A competência lexical de alunos universitários aprendendo a ler em inglês como língua estrangeira. D.E.L.T.A., v. 13, n. 2, São Paulo, Agosto 1997.

SWALES, John M. Genre Analysis - English in Academic and Research Settings. Cambridge University Press, 1990.

TAGNIN, Stella. Convencionalidade e Linguística de Corpus: sua relevância para a escrita científica em língua inglesa. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2012.

TAGNIN, Stella. O jeito que a gente diz - combinações consagradas em inglês e português. Baureri/SP: Disal, 2013.

TAGNIN, Stella e VALE, Oto. Avanços da Linguística de Corpus no Brasil. São Paulo: Humanitas, 2008.

ZILIO, Leonardo. Colocações especializadas em alemão e português na área de Cardiologia. TradTerm, São Paulo/SP, v. 20, dezembro/2012, p. 146-177. Disponível em: . Acesso em: 30 Mai. 2013.

ZILIO, Leonardo. Terminologia Textual e Linguística de Corpus: estudo em parceria. In: PERNA, Cristina Lopes; DELGADO, Heloísa Koch; FINATTO, Maria José (Orgs.). Linguagens Especializadas em Corpora - modos de dizer e interfaces de pesquisa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010, p. 152-182.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (Impresso): 1517-9257

ISSN (Eletrônico): 2448-1165

Papéis - Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens

Centro de Ciências Humanas e Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul