A “CRÓNICA FRONTERIZA” E A CRÍTICA LATINO AMERICANA

Alexandre L Gonzaga, Leoné A Barzotto

Resumo


Este artigo objetiva fazer uma leitura do texto Crónica fronteriza (2008) de Margarita Azpiroz, à luz da crítica literária latino americana. Nesse estudo, analisa-se detidamente o percurso do narrador sujeito e sua mudança na linha temporal, observa-se o fenômeno do entre-lugar à luz dos pressupostos de Homi Bhabha. Os deslocamentos de identidade linguística e cultural são elementos presentes na narrativa, além da diáspora e do multiculturalismo, o que torna o texto ideal para estudos literários. Este texto venceu o “Primeiro Concurso de Contos e Crônicas da Fronteira” realizado em 2008 pelos Ministerio Del Desarollo Social del Uruguay e Ministério das Relações Exteriores do Brasil.


Texto completo:

PDF

Referências


ACHARD, P.; ORLANDI, E. P., PECHEUX, M. Papel da memória. – Campinas: Pontes, 1999.

AZPIROZ, M. Crónica fronteriza. Disponível em Acesso em 01 nov 2011.

ANDRADE, M. L.. O gênero crônica e a prática escolar. Disponível em http://www.fflch.usp.br/dlcv/lport/pdf/maluv017.pdf acesso em 14/11/2011

BHABHA, H. O Local da cultura. Tradução de Myriam Ávila [et.al.]. – Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.

BARROS, D. L. P. Teoria semiótica do texto. 4. ed. – São Paulo: Ática, 2005.

BERND, Z. Americanidade Americanização. In FIGUEIREDI, E. (Org.). Conceitos de literatura e cultura. – Juiz de Fora: UFJF, 2005, p. 13-31.

BOCK, A. M. B. Psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia. São Paulo: Saraiva, 2008.

CANCLINI, N. G. Definiciones em transición. In: Cultura, Política y Sociedad: perspectivas latinoamericanas. Daniel Mato. CLACSO, Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales, Ciudad Autónoma de Buenos Aires. – Argentina. 2005. Disponível em http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/grupos/mato/GarciaCanclini.rtf . Acesso em 27. nov. 2011.

CERTEAU. M. A Cultura no plural. Tradução de Enid Abreu Dobranzky. – Campinas, SP: Papirus, 1995.

CHAUI, M. Convite à filosofia. 5. ed. – São Paulo: Ática, 2008.

HALL, S. Da Diáspora: Identidades e mediações culturais. Tradução de Adelaine La Guardia Resende [et. al.] – Belo Horizonte: Editora UFMG; Brasília: Representação da UNESCO no Brasil, 2003.

______. A identidade cultural da pós-modernidade. 10. ed. – Rio de Janeira: DP&A:2005

HANCIAU, N. J. Entre-lugar. In.:FIGUEIREDO, Eurídice (org.). Conceitos de Literatura. Juiz de Fora: UFJF, 2005.

MORENO, C. F. (Org. Coord.). América Latina em sua literatura. UNESCO. São Paulo: Perspectiva, 1979.

MIGNOLO, W. D. Histórias locais / Projetos globais: colonialidade, saberes subalternos e pensamento liminar. Tradução de Solange Ribeiro de Oliveira. – Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

PADRÓS, E. S. Como el Uruguay no Hay: Terror de Estado e Segurança Nacional Uruguai (1968-1985): do Pachecato à Ditadura Civil-Militar. Tese de Doutorado em História-IFCH-UFRGS 2005. 2 v. Disponível em

http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/6149/000525881.pdf?sequence=1

Acesso em 15. maio. 2012.

PASTURINO, B. VALLARINO, V. LIMA, M. Estudio sobre suicídios consumados. Población usuária Del Hospital Vilardebó. Ver. Psiquiatrica Uruguaia. 2004, p. 147-161. Disponível em: www.spu.org.uy/revista/dic2004/03_estudio.pdf. Acesso em 15. maio. 2012.

PRATT, M. L. Os Olhos do Império. Relatos de Viagem e Transculturação. Trad. Jézio Gutierre. – Bauru , EDUSC: 1999.

______ . Por uma perspectiva crítica feminista. Entrevista concedida a Claudia de Lima e Alai Diniz. Disponível em www.periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/viewFile/11958/ Acesso em 04. mar. 2011.

ROTTERDAM, E. Elogio da loucura. Trad. Alex Marins. – São Paulo: Martin Claret, 2007.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. O Espetáculo das Raças – cientistas, instituições e questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

WACQUANT, L. Que é gueto? Construindo um conceito sociológico. Trad. Zena Eisenberg e João Feres Júnior. Rev. Sociol. Polít., Curitiba, 23, p. 155-164, nov. 2004 Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rsocp/n23/24629.pdf Acesso em 15 . nov. 2012.

VARGAS, A. T. Interpretações da América Latina. In. America Latina em sua literatura. MORENO, C. F.(org. e coord). UNESCO. São Paulo: Perspectiva, 1979.

ZIZEK, S. Os quatro discursos de Jacques Lacan. In: Jacques Lacan. Londres: Routledge, 2003. Trad.Rodrigo Nunes Lopes Pereira disponível em http://naturezaemclose.blogspot.com.br/2012/02/os-quatro-discursos-de-jacques-lacan.html Acesso em 05-maio-2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (Impresso): 1517-9257

ISSN (Eletrônico): 2448-1165

Papéis - Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens

Centro de Ciências Humanas e Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul